top of page

CASES & ARTIGOS

BLOG

  • Foto do escritorFernando Rocha

Qual o melhor modelo de website para meu negócio?

Já escrevemos um artigo aqui falando da importância de ter um website para a sua empresa, agora vamos aprofundar um pouco mais, destacando os tipos de projeto mais comuns que fazemos, como funciona o processo de execução e te ajudar a encontrar o modelo ideal para o seu negócio.


Desde 2016, todos os nossos projetos são desenvolvidos usando a plataforma de criação de sites Wix, líder no mercado global, com mais de 200 milhões de usuários. Hoje somos Wix Partners nível Legend - com mais de 50 projetos desenvolvidos.

Nessa plataforma conseguimos criar o layout sem o auxílio de programação, uma etapa que faz parte do processo de desenvolvimento, com a tradução em código do que estamos mostrando visualmente. No Wix enquanto criamos já conseguimos ver e testar o site, o que nos permite ajustar bugs e reduzir enormemente o tempo de execução do projeto.


Existem outras plataformas como o Wix, mas nenhuma oferece tantos recursos e é tão amigável para o cliente, que consegue facilmente administrar o seu site após a entrega do projeto. Vamos falar mais sobre as funcionalidades e recursos quando descrevermos os tipos de site, mas se quiser saber mais sobre a empresa, acesse esse link.



TIPOS DE WEBSITE

Cada projeto tem suas particularidades e por isso não trabalhamos com templates ou estruturas engessadas. Mas pela experiência que temos, já sabemos que alguns tipos de site são mais comuns para determinado tipo de negócio ou para o momento da empresa. Confira cada um dos modelos:


SINGLE PAGE

Também conhecido por Long Page, é quando temos toda a estrutura do conteúdo em apenas uma página, dividida por seções uma abaixo da outra. A navegação acontece “rolando” a página para baixo ou através do menu, funcionando com âncoras que guiam o clique até determinada seção na página.


Uma boa quantidade de seções para um modelo Single Page é em torno de seis. Por exemplo: Apresentação (Sobre ou Quem somos), Equipe, Serviços (Soluções ou Áreas de Atuação), Diferenciais, Localização (Onde estamos) e Contato. Na etapa de pré-projeto definimos essas seções e nomenclaturas. Seis é um bom número porque mais do que isso pode fazer o usuário cansar de “rolar” para baixo e desistir de navegar no site.


Esse é o modelo inicial para quem nunca teve um website ou está abrindo o seu negócio e quer ter uma presença digital completa e profissional. Com o tempo a empresa vai crescer e o site pode crescer junto, adicionando uma página só para Serviços ou para a Equipe, criar um blog ou montar um ecommerce.


Confira alguns exemplos de website Single Page:



SINGLE PAGE + BLOG

Esse é o caminho mais natural de crescimento dos projetos de uma página que fazemos. Como dissemos no artigo sobre a importância de ter um website, a geração de conteúdo no website, garante controle da marca sobre o conteúdo postado (frente à mudança cada vez mais frequente de rede social mais popular) além de aumentar a cobertura de palavras-chave, número de páginas (cada novo post do blog vira uma nova página do site) e frequência de atualização de conteúdo, que deixa o website mais relevante para as ferramentas de pesquisa.


Confira alguns exemplos de website Single Page + Blog:



VÁRIAS PÁGINAS

Algumas empresas mais consolidadas no mercado e que já tem websites, nos procuram para atualizar o site da empresa com ferramentas e funcionalidades mais avançadas. Essas empresas normalmente têm sites de várias páginas, que foram sendo adicionadas ao longo do tempo sem o devido cuidado ou estratégia. Nesse caso, nosso trabalho é coletar todo o conteúdo do website atual e projetar uma nova forma de apresentar aquele conteúdo.


Às vezes pequenos conteúdos dentro de páginas avulsas são aglutinados dentro de uma mesma página ou determinado conteúdo, como uma linha do tempo da empresa, ganha uma nova página para melhorar a experiência do usuário.


Elaboramos o orçamento pelo número de páginas e complexidade de conteúdo e ferramentas que o projeto necessita. Então antes de orçar já analisamos o site atual e, na reunião com o cliente, já definimos os objetivos gerais do projeto e o que precisa ser feito.


Nesse tipo de projeto, a página inicial funciona como um resumo do que teremos nas demais páginas. Cada seção apresenta o que for de mais importante para a empresa e destaca links para saber mais nas páginas internas do site. Algo bem comum é termos também uma ferramenta de blog para destacar notícias da empresa ou conteúdos criados pela equipe.


Confira alguns exemplos de website Várias Páginas:



ECOMMERCE

O comércio digital vem crescendo muito no país, principalmente desde 2020 com a pandemia de coronavírus. Muitas empresas tiveram que se adaptar e transformar o jeito de vender seus serviços ou migrar sua operação para o mundo virtual. Essa talvez seja a funcionalidade que mais se desenvolveu dentro da plataforma, com inúmeros recursos de venda e comunicação com os clientes, via chat ou email.


Muitos clientes querem vender direto pelas redes sociais, mas não sabem que aquele catálogo de produtos precisa estar integrado a um site que vai fazer a operação de venda.


Esse tipo de projeto é o mais complexo, pois além de toda a estrutura de um site normal, envolve toda a parte da loja em si, como o cadastro de produtos e coleções, configuração de pagamentos e frete, políticas de reembolso e troca, layout de páginas de carrinho e áreas de cadastro e perfil de clientes.


Confira alguns exemplos de website Ecommerce:




FERRAMENTAS

Agora vamos listar as ferramentas mais comuns e que facilitam a interação com os usuários ou deixam os projetos ainda mais interessantes.


Chat Online - Com essa ferramenta você pode falar com o usuário enquanto ele navega no site, oferecer ajuda de um especialista, esclarecer dúvidas e até fechar alguma venda. Caso não tenha ninguém online, o lead de acesso vai para o cadastro de clientes e você pode entrar em contato mais tarde pelo email ou telefone.


Redes Sociais - Os links para os perfis da marca nas redes são importantíssimos para criar uma rede de conexões e aumentar a relevância da empresa nas ferramentas de busca. Além disso, é possível integrar os conteúdos já postados de várias redes direto no site.


Newsletter - A captação de leads é importante para aumentar a base de clientes e ampliar o diálogo da marca com os usuários. Em lojas online é comum oferecer descontos na primeira compra ou até frete grátis para quem cadastra o email para receber ofertas, mas isso pode ser feito também por empresas que querem divulgar artigos ou notícias frequentemente.


Agendamentos - Além da loja online, o wix oferece ferramentas para agendamento de consultas, ou em hotéis e até para reservas em restaurantes. Cada tipo de ferramenta tem um plano específico, mas nada tão caro quanto o valor de criar uma ferramenta do zero e implementar no site.


Fórum - Essa ferramenta é perfeita para criar uma comunidade de membros e interagir com os usuários ou até mesmo entre as equipes. Uma espécie de intranet que pode ser configurada para acesso restrito a determinados usuários.


Multilíngue - Sua empresa atua ou busca clientes em diferentes países? Então ofereça o conteúdo do site em outro idioma. A tradução dos conteúdos pode ser automática ou inserida em cada uma das versões.


FAQ - Ou Perguntas Frequentes é uma ferramenta importante para lojas online ou negócios mais técnicos, que precisam de detalhamento de algumas questões e não precisam necessariamente estar junto do conteúdo mais conceitual.


JORNADA

Com a aprovação do orçamento do projeto escolhido, iniciamos a etapa de pré-projeto, onde reunimos todo o conteúdo de imagens e textos necessários para a execução

do website.


Quando o projeto faz parte da jornada de construção da marca, já temos uma boa base de textos e imagens que farão parte do projeto, além dos arquivos de logotipo e padrões de identidade que já estabelecemos. Mas se a empresa está buscando apenas o website, vamos precisar de toda sorte de arquivos da marca e de materiais de comunicação para construir o website dentro daquela identidade.

Depois de coletados os materiais, montamos todo o conteúdo em forma de texto em documento de word (ou google docs) com a estrutura de seções e páginas que imaginamos para o projeto. Essa é a hora de revisar os textos, ver o que está faltando de imagens e conteúdos. Esse processo leva um certo tempo, pois o cliente precisa revisar e depois precisamos analisar e adaptar o que for preciso para a melhor eficiência do website. Só depois que esse documento está finalizado é que partimos para o design das páginas.

Se o projeto é um Single Page, já apresentamos o layout inicial da versão desktop de toda a página. Se o projeto tem mais páginas, apresentamos o layout da página inicial para aprovação antes de seguir com o restante das páginas. Depois que temos definido o layout de todas as páginas da versão desktop (telas de laptop e computadores), partimos para a execução da versão responsiva (para smartphones e tablets).


Cada projeto tem sua complexidade e seu tempo de execução. O layout de um projeto Single Page leva cerca de 30 dias entre o início do design até o lançamento. A fase de pré-projeto toma mais tempo pois envolve o envio de materiais, revisões e aprovações por parte do cliente que não conseguimos controlar. Mas normalmente colocamos o prazo de 15 dias para essa etapa, mas já tivemos projetos maiores que levaram quase dois meses.


Após a aprovação também da versão mobile, revisamos todas as questões de configuração de SEO e preparamos o site para publicação. Normalmente, fazemos todo o site na versão gratuita do wix e quando estiver quase tudo pronto o cliente faz a assinatura do plano premium, que vai permitir a conexão do endereço de domínio, retirada de anúncios e integrações de marketing com o Google.


Se ainda tiver alguma dúvida sobre o processo, o modelo ideal para você ou quer algum recurso específico que não destacamos no artigo, entre em contato e vamos conversar sobre o seu projeto.


12 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page